Graduação

Clique no link e confira a Grade curricular do curso de Jornalismo da UEPG – ementário, carga horária, disciplinas e demais informações.

Curso de Jornalismo

É o seguinte o elenco de disciplinas que compõe o curso:

1º ANO

FOTOJORNALISMO – 136h
A fotografia: presença, ação e influência na vida social. Os discursos fotográficos. A linguagem da imagem e da fotografia. Câmera fotográfica – operação e seus acessórios. Revelação e ampliação em P&B. Técnicas de enquadramento e composição. A fotografia como representação, informação e construção no jornalismo. Práticas de fotojornalismo. Pauta, planejamento e edição de fotografias para veículos de comunicação. Relacionamento do repórter fotográfico com o fato e veículo. Fotografia digital e o tratamento da imagem fotográfica.

ESTUDOS DA COMUNICAÇÃO E CULTURA – 68h
Princípios da antropologia cultural. Conceitos de cultura nas ciências sociais. As noções de subcultura, socialização e a abordagem interacionista. Imaginário e cultura de massa. Jornalismo e construção da identidade cultural. Cultura e história: relações étnico-raciais e influência africana na constituição cultural do Brasil. Sincretismo, globalização e regionalização das comunicações. Relações entre o campo cultural e o campo da comunicação.

HISTÓRIA SOCIAL DA COMUNICAÇÃO – 102h
A comunicação na era primitiva: a oralidade e os primeiros registros da linguagem e da escrita. Surgimento do cinema e desenvolvimento da cultura da imagem. O advento da comunicação de massa e a indústria cultural. Surgimento da imprensa e seu desenvolvimento na era moderna e contemporânea. Impactos da revolução industrial na produção jornalística. Fases do jornalismo no Brasil: imprensa colonial, artesanal e empresarial. Transformações técnicas e editoriais na imprensa a partir dos anos 1950. A evolução do rádio: cultura e poder. Surgimento da televisão e desenvolvimento da cultura da imagem. Surgimento e desenvolvimento do jornalismo impresso no Paraná.Participação da imprensa em momentos de relevância social e política da história regional. Modernização da imprensa paranaense. Principais experiências de rádio e televisão nos âmbitos estadual, regional e local. Mapeamento e identificação de características, heranças e tendências dos meios impressos e audiovisuais no cenário regional.

TEORIAS DA COMUNICAÇÃO – 136h
Principais funções da comunicação. O processo histórico de formação do campo de estudos em comunicação segundo suas relações com as ciências sociais, a lingüística, a antropologia, a psicologia e a filosofia. As principais vertentes formadoras deste campo: pesquisa administrativa x pesquisa crítica. Modelos do processo de comunicação. As principais teorias da comunicação social. Teorias latino-americanas. Perspectivas contemporâneas em teoria da comunicação.

INTRODUÇÃO AO JORNALISMO – 68h
O processo de profissionalização do jornalismo. Definições de jornalismo, acontecimento e notícia. Critérios de noticiabilidade e fatores de interesse no jornalismo. Função social do jornalismo. O mito da imparcialidade jornalística. Processo de produção da notícia: pauta, captação de informações (entrevistas, fontes, pesquisa jornalística), redação, seleção/edição, veiculação e consumo. Estrutura da notícia. Diferenciações básicas de linguagem e estilo dos textos jornalísticos nos meios impresso e audiovisual. Limites éticos e potencialidades da profissão.

REDAÇÃO JORNALÍSTICA I – 68h
A produção de notas. Seleção e organização de informação jornalística em textos curtos. Tempo e espaço na redação jornalística cotidiana. O texto jornalístico informativo – características. Elaboração de matérias jornalísticas. Narração e descrição em textos jornalísticos. Elaboração de títulos, legendas e textos legendas. Suíte no jornalismo. Edição em jornalismo impresso.

PSICOLOGIA DA COMUNICAÇÃO – 68h

Origens históricas da psicologia: filosofia e ciência. O behaviorismo e as ciências sociais nos EUA. A cultura segundo a psicanálise. Psicologia social e as representações coletivas. Concepções psicanalíticas da linguagem. Doença mental. Massa e inconsciente. A produção de subjetividade e controle social.

SOCIOLOGIA DA COMUNICAÇÃO – 68h
Fundamentos da sociologia: o surgimento, a formação e o desenvolvimento enquanto campo de conhecimento. Objeto da sociologia em Comte, Durkheim, Marx, Weber e Parsons. Conceitosfundamentais: processos sociais, grupos sociais, cultura e sociedade, instituições sociais, controle social, estratificação social, movimentos sociais e comunicação de massa. Comunicação na sociedade contemporânea. Globalização da comunicação: as redes de comunicação global e o imperialismo cultural.

FILOSOFIA E COMUNICAÇÃO – 68h
A questão do conhecimento: níveis do conhecimento e seus significados. Origem, definições e objetivos da filosofia . A questão do método em filosofia . Noções de epistemologia, metafísica, ética e estética. Caminhos históricos do filosofar: as questões do ser, conhecer e agir na Idade Antiga e Média. A Idade Moderna e o problema do conhecimento. Principais temas e problemas da filosofia contemporânea. A questão da Cultura e suas manifestações: o universo do sagrado, da arte e da comunicação. Elementos Filosóficos do fenômeno da Comunicação : teorias e autores.

HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA SOCIAL DO BRASIL – 68h
Análise de forma abrangente dos principais aspectos econômicos, políticos, sociais e culturais que marcaram a vida nacional a partir do final da monarquia.

LÍNGUA PORTUGUESA -136h
Texto: leitura e produção. Coesão e coerência textuais (poder de síntese, clareza, concisão, etc). Argumentatividade e narratividade. Gramática aplicada ao texto.

 

2º ANO

CRÍTICA DE MÍDIA – 68h
Acompanhamento sistemático da produção jornalística nos diferentes veículos, a partir da identificação dos mecanismos e estratégias de agendamento, seleção de fatos, tratamento discursivo e imagético e angulação editorial. Armadilhas discursivas e editoriais na produção das notícias. A participação do jornalismo na formação da opinião pública. A contribuição das teorias do jornalismo na análise dos veículos de informação.

DESIGN GRÁFICO EM JORNALISMO – 68h
História das artes e movimentos que influenciaram as artes gráficas. Processo de composição e impressão. Princípios básicos de composição, unidade e variedade; equilíbrio e movimento; segmentos e pontos de destaque na página. O projeto gráfico: critérios, tipologia, medidas gráficas, lay-out. importância do projeto. Projeto gráfico e projeto editorial e suas articulações e relações. Utilização de imagens e cores.

ÉTICA E LEGISLAÇÃO NO JORNALISMO – 68h
Pressupostos conceituais para um paradigma ético. Direito à informação e responsabilidade social na profissão. Fundamentos do compromisso profissional no jornalismo. Desafios e limites da ética no exercício do jornalismo. Ética como orientação básica no exercício profissional em jornalismo. Disposições constitucionais da comunicação e do jornalismo. Bases, fundamentos e pressupostos da legislação em jornalismo. Breve histórico e principais transformações da legislação jornalística no Brasil. Panorama (comparativo) da legislação jornalística em diferentes contextos mundiais. Legislação em vigor no país. Regulamentações normativas da profissão jornalística. Legislação que regulamenta a liberdade de expressão e opinião. Lei de Imprensa. Direito autoral em jornalismo. Códigos de ética da profissão.

REDAÇÃO JORNALÍSTICA II – 136h
A elaboração de textos jornalísticos interpretativos. O texto jornalístico para públicos segmentados. Características redacionais do texto especializado.

REDAÇÃO PARA RÁDIO – 68h
Características do Rádio (instantaneidade, versatilidade, atualidade, etc). Linguagem radiofônica. Público alvo. Normas de redação para o rádio. Produção e elaboração de pautas. Estrutura de notícia, boletim, entrevista, debate, reportagem e documentário. Especificidades da redação em radiojornalismo. Redação radiojornalística de notícias, reportagens e documentários.

RADIOJORNALISMO I – 68h
Situação da radiodifusão no Brasil. O complexo publicitário no rádio brasileiro. A informação e o poder de mobilização do rádio. Características do rádio. A estrutura de uma emissora de rádio: técnica e profissional. As novas tecnologias, seu uso no cotidiano e sua importância. Locução e Oralidade. A informação no rádio: da pauta à transmissão. A notícia radiofônica. Fontes de notícia para rádio. O script para rádio. Linguagem radiofônica. Gêneros e formatos radiofônicos.

RADIOJORNALISMO II – 68h
Produção e apresentação de noticiários de longa duração: boletim, radiojornal e reportagem. Produção e apresentação de um pequeno noticiário em rádio. Sonoplastia. Produção de programas nos seus diferentes tipos e formas de realização.

POLÍTICAS ECONÔMICAS CONTEMPORÂNEAS – 51h
Características gerais de um sistema de mercado. Medidas de atividade econômica. Noções de microeconomia e de macroecnomia. Relações econômicas internacionais. Dinâmica Recente da Economia Brasileira.

TEORIAS DO JORNALISMO – 68h
Limites da perspectiva do jornalismo como “espelho da realidade”. A evolução do conceito de agenda-setting. A relação entre fontes e jornalistas. A noção de gatekeeper e de newsmaking na produção jornalística. Conceitos de objetividade jornalística. Principais teorias do jornalismo: teoria organizacional, teoria do espelho, teoria da ação pessoal ou teoria do gatekeeper, teoria de ação política, teoria estruturalista e teoria interacionista. Rotinas produtivas: seleção e formas de ordenação de notícias, ideologias e intencionalidades. O estudo do jornalismo e o mito do contrapoder. Realização de estudos de caso baseados nas teorias do jornalismo.

REDAÇÃO E EXPRESSÃO ORAL E ESCRITA -136h
Produção de textos. Aspectos ortográficos e morfossintáticos da norma da língua portuguesa, com base em manuais de estilo de tradicionais órgãos de imprensa.

3º ANO

COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA – 102h

Sociedade civil e relações de poder: bases conceituais para a compreensão da sociedade contemporânea. O papel do sujeito no processo de comunicação: uma perspectiva de ação e participação. Comunicação popular no Brasil. Imprensa alternativa: contribuições para a consolidação de um jornalismo de oposição. A comunicação como estratégia de organização social: imprensa sindical e novos movimentos. A comunicação nos movimentos sociais. Terceiro Setor e a questão social: desafios, ações e perspectivas. A construção da imagem dos movimentos sociais, organizações populares e minorias representativas na mídia. Contribuições do jornalismo no processode integração social: portadores de necessidades especiais, usuários de drogas e grupos marginalizados no resgate de sua condição de cidadania. Rádios e tevês comunitárias como espaços de democratização da comunicação. Práticas de comunicação comunitária: veículos, linguagem e estilo. Elaboração e execução de projetos de comunicação comunitária voltados às demandas locais.

ESTÉTICA DA COMUNICAÇÃO – 68h
Principais conceitos de estética no campo cultural. Referências conceituais históricas (a estética como belo, como estratégia de provocação perceptiva e a estética como modo de dizer/fazer). Fenômeno estético na produção midiática contemporânea. Bases e características da estética da cultura industrial (de massas). A estética como dimensão inerente (instituído/instituinte) na mídia e, especificamente, no jornalismo. Identificação e análise dos fatores estéticos em produtos jornalísticos de diferentes suportes técnicos (impresso, rádio, televisão e web).

METODOLOGIA DA PESQUISA EM COMUNICAÇÃO – 68h
Processos de construção do conhecimento. Conceitos de método, metodologia e procedimentos metodológicos. Relação sujeito/objeto do conhecimento. Pesquisa qualitativa e quantitativa. O mito da neutralidade/objetividade científica. Paradigmas fundadores das ciências sociais (Marx, Weber, Durkheim). O campo da comunicação: contribuições interdisciplinares. Referenciais teórico-metodológicos da pesquisa em Comunicação: funcionalismo, estruturalismo, interacionismo simbólico, fenomenologia, semiótica, semiologia, estudos culturais, estudos de recepção, dentre outros.

POLÍTICAS DE COMUNICAÇÃO – 68h
As concessões de rádio e televisão. Os monopólios de comunicação no Brasil e no mundo. Globalização comunicacional e transformação cultural. O capital da mídia na lógica da globalização. Mídia, política e cidadania. Comunicação e interesse público. Sociedade e poder midiático.

REALIDADE REGIONAL EM COMUNICAÇÃO – 68h
Estudo do mercado da comunicação em âmbito regional. Identificação de características, limites e tendências da produção jornalística nos diferentes meios (impresso, sonoro, audiovisual e digital). Produção independente. Demandas sociais em comunicação: aspectos políticos, culturais, econômicos e geográficos. Formulação de projetos e campanhas jornalísticas voltados às potencialidades regionais de público, localidade e interesse segmentado.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO – 68h
Estruturas organizacionais. Planejamento e comunicação organizacional estratégica: conceitos gerais e abrangência. Plano estratégico de comunicação: princípios, processos e formulações. Assessoria de comunicação e seus campos integrados: Relações Públicas, Assessoria de Imprensa, Publicidade e Propaganda e Marketing. Comunicação organizacional na era digital. Comunicação organizacional e gerenciamento de crise. O assessor de comunicação: perfil e habilidades.

PRODUÇÃO EM JORNALISMO OPINATIVO – 68h
Semelhanças, diferenças e especificidades das variações do discurso jornalístico opinativo:
artigo, opinião, editorial, coluna e crônica. A estrutura do gênero opinião no jornalismo contemporâneo.

REDAÇÃO JORNALÍSTICA III – 136h
As técnicas de reportagem no jornalismo impresso. O estilo jornalístico. Reportagem de contexto, tema e setor. A reportagem como interpretação e investigação dos fatos. Perfil e história de interesse humano. A entrevista. Produção de reportagens.

REDAÇÃO PARA TELEVISÃO – 68h
O texto para Televisão. Características e particularidades do texto jornalístico em televisão. O roteiro de telejornais. Marcação e fechamento de script. Normas e aplicações da redação telejornalística.

TELEJORNALISMO I – 68h
A televisão como veículo que trabalha com áudio, imagens e texto (explorando dimensões variadas da sensibilidade humana). Estudo e conceito do jornalismo televisivo. A televisão e informação. A produção em televisão. Diferentes formatos para a notícia em TV. Princípios e equipamentos da reportagem telejornalística. Abordagem dos modelos brasileiros e estrangeiros de telejornais. Especificidades da produção telejornalística na TV aberta e segmentada.

TELEJORNALISMO II – 68h
Características da notícia em telejornalismo A prática da produção de telejornalismo diário. Roteiro e produção de telejornais. Prática de reportagem. Reportagens externas e entrevistas. Princípios e equipamentos utilizados na edição de reportagem. Edição de som e imagem. O script. Planejamento e apresentação de telejornais utilizando recursos de estúdio. Noções técnicas de equipamentos e de estúdio.

WEBJORNALISMO – 68h
Transformações tecnológicas, suas consequências e a relação homem-técnica. Globalização, controle informacional, cibercultura e sociabilidade. Especificidades do jornalismo on-line. Texto, interatividade e multimedialidade. Deontologia do webjornalismo.

 

 

4º ANO

ASSESSORIA DE IMPRENSA – 68h
Assessoria de Imprensa e relacionamentos com a mídia: ação estratégica de comunicação das organizações com seus públicos interno e externo. Produtos e serviços de Assessoria de imprensa. Implantação e administração de assessoria de imprensa. A empresa como fonte de informação. Jornalismo empresarial (impresso, eletrônica e on-line). Informação organizacional e interesse público. O cotidiano da Assessoria de Imprensa. O assessor de imprensa: perfil e habilidades. O jornalista assessor: a realidade brasileira. Avaliação de desempenho na mídia. Prática: análise de casos.

ESTUDOS DE MEDIAÇÃO E RECEPÇÃO – 51h
O estudo das mídias na América Latina. A audiência como espaço de trocas e interações simbólicas. Mediação e mediatização no consumo de produtos culturais. A produção de sentido na recepção. Metodologias de investigação da audiência. Principais autores latino-americanos e suas contribuições para a compreensão das relações comunicacionais.

ORIENTAÇÃO DE PROJETOS EXPERIMENTAIS EM JORNALISMO – 34h
Orientação e acompanhamento sistemático, por um docente, do processo de elaboração e desenvolvimento do Projeto Experimental em Jornalismo.

PRODUÇÃO DE PROJETOS EXPERIMENTAIS EM JORNALISMO – 102h
Perspectivas teórico-metodológicas da pesquisa em comunicação. Jornalismo e Ciência: conflitos epistemológicos. Variações e aproximações dos Projetos Experimentais em Jornalismo com as propostas metodológicas de pesquisa em comunicação (análise de conteúdo, estudos de recepção, análises de discurso, semiologia dos discursos sociais, pesquisa participante, pesquisaação, interacionismo simbólico, etnometodologia, estudos culturais, história oral, teorias e estudos do jornalismo. Elaboração e desenvolvimento de Projetos Experimentais em Jornalismo. Seminários temáticos.

REDAÇÃO JORNALÍSTICA IV – 68h
O texto nas revistas e suplementos. Análise de gêneros e estilos de textos. Técnicas literárias aplicadas ao jornalismo. A reportagem em revistas e suplementos. Identidade visual: capa. Redação entre texto e imagem. Edição gráfica. Técnicas de pauta. Entrevistas, perfis e artigos. Relações intertextuais: olho, box, tabela. Infografia.

TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO DE PROJETOS EXPERIMENTAIS EM JORNALISMO – 68hProcedimentos metodológicos: técnicas de investigação empírica. Tipos de questionário, enquete, entrevista e amostragem. Características do texto acadêmico-científico. Etapas e instâncias da pesquisa e elaboração do projeto: construção do objeto, objetivos, justificativa, metodologia, referencial teórico, cronograma e viabilidade da proposta.

SEMINÁRIOS I – 51h
Disciplina de caráter flexível, que pode se desdobrar em temas, pesquisas, estudos de caso, acompanhamento e análise da produção jornalística ou mesmo laboratorial, de modo a complementar as atividades previstas nas disciplinas regulares.

SEMINÁRIOS II – 51h

Disciplina de caráter flexível, que pode se desdobrar em temas, pesquisas, estudos de caso, acompanhamento e análise da produção jornalística ou mesmo laboratorial, de modo a complementar as atividades previstas nas disciplinas regulares.

TEORIAS POLÍTICAS – 51h

O Poder Político. O Estado. O Estado Nacional Moderno. O Liberalismo. O Socialismo. O Totalitarismo. O Estado Previdência. O Estado de Direito Contemporâneo. O Estado De Direito Nas Relações Internacionais. Novas Doutrinas Políticas Do Século XXI. Política Brasileira.

%d blogueiros gostam disto: