Livros

A cultura como notícia no jornalismo brasileiro

Autor: Sérgio Luiz Gadini

Editora: Prefeitura do Rio de Janeiro

Ano de publicação: 2003

Páginas: 97

ISSN: 1676-5508

Formato: 14x21cm

Resumo: Livro da série “Cadernos da Comunicação”, v. 8, que relata o surgimento, evolução e fortalecimento do jornalismo cultural no Brasil.

 

 

 

A Rádio no espaço escolar

Autora: Zeneida Alves de Assumpção

Editora: Annablume

Ano de publicação: 2009

Páginas: 100 páginas

ISBN: 978-85-7419-917-7

Formato: 14x21cm

Resumo: Este livro analisa a interface comunicação-educação no espaço escolar, em especial o rádio, como ferramenta interdisciplinar de ensino, possibilitando ao educando o conhecimento das linguagens midiáticas, das culturas e da construção da realidade. Assim, professores e alunos poderão compreender que o rádio como sujeito semiótico, desde os seus primórdios, teve papel relevante nos cenários da educação e da cultura, da política e da sociedade. Por meio de estudo comparativo ente duas escolas do ensino fundamental da Rede de Ensino Público de Curitiba, no Paraná, comprovou-se que o aluno-produtor-locutor da Radioescola compreende criticamente o discurso subliminar das mensagens e tem domínio do processo comunicação radiofônica. Na questão didático-pedagógica da ação educativa, o uso da rádio no espaço escolar promove à criatividade, a socialização, a cidadania, o desenvolvimento da habilidade de fala e de escrita, desperta o gosto pela pesquisa e leitura, eleva a auto-estima e o interesse do educando na sala de aula.

Compre: site da Editora Annablume

 

 

Eleições e mídia local

Autor: Emerson Urizzi Cerci (organizador)

Editora: Todapalavra

Ano de publicação: 2010

Páginas: 192

ISBN: 978-85-62450-03-7

Resumo: Coletânea de textos que discutem a relação entre meios de comunicação de massa em disputas eleitorais municipais, ou seja, o impacto da mídia massiva em processos políticos locais. O livro está dividido em duas partes. Na primeira são apresentadas análises sobre a cobertura feita por jornais do município de Ponta Grossa (centro-sul do Paraná) durante o período das eleições para prefeito de 2008. Na segunda, as pesquisas são ampliadas para outras esferas de poder, mídia e municípios. Verifica-se o papel dos jornais tradicionais na disputa pela Prefeitura de Curitiba em 2008, o tipo de cobertura de blogs jornalísticos a respeito dessa eleição e como os jornais diários locais apresentam as eleições nacionais e estaduais para seus leitores. Com isso, pretende-se ampliar a discussão sobre o papel da mídia tradicional para o seu comportamento em comunidade.

Compre: site da Editora TodaPalavra

 

 

Eleições midiáticas

Autor: Sérgio Luiz Gadini (organizador)

Editora: EdUEPG

Ano de publicação: 2004

Páginas: 173

ISBN: 85-86941-47-6

Formato: 14x21cm

Resumo: Nesta coletânea de ensaios, o leitor encontra um debate sobre os principais fatos, decisões e estratégias políticas que marcaram as eleições municipais de 1996 e 2000 na cidade de Ponta Grossa: o modo como a mídia acompanhou e de certo modo influenciou os resultados das eleições, as principais marcas e estratégias de efeito midiático que os candidatos adotaram, e o modo como setores da mídia.

Compre: site da EdUEPG

 

 

Impressão de Jornalista: livro de reportagens

Autor: Carlos Alberto de Souza (organizador)

Editora: Cehcom

Ano da publicação: 2006

Edição: 3º volune

Páginas: 280

ISBN: 85-7696-014-1

Formato: Livro

Resumo: O livro reúne grandes reportagens produzidas pelos alunos do Curso de Jornalismo da Universidade do Vale do Itajaí (trabalhos de conclusão de curso). Este é o terceiro volume da série, que tem como organizadores os professores Carlos Alberto de Souza e José Isaias Venera (1º e 2º volumes) e participação de Vera Sommer, no tereceiro volume. Neste último livro são apresentadas as seguintes reportagens: Às voltas da biblioteca ambulante, Teatro Nomade, Urda Klueger, Homens de Pedra e Marcílio Dias: o marinheiro que poucos conhecem.

 

 

Inclusão digital e cidadania

Autor: Maria Lúcia Becker

Editora: EdUEPG

Ano de publicação: 2009

Páginas: 200

ISBN: 978-85-7798-043-7

Formato: 16x23cm

Resumo: A relação entre internet e exercício da cidadania é apresentada neste livro com base numa pesquisa realizada em postos de acesso público e gratuito das cidades de Curitiba e São Paulo. Para a avaliação das possibilidades e do alcance desta relação, foram buscados elementos que oferecessem respostas à questão: como o potencial (ou promessa) das novas tecnologias de informação e comunicação é aprendido e realizado no cotidiano dos cidadãos? Adotando o ponto de vista dos moradores da periferia dessas duas capitais, o livro coloca em discussão uma série de aspectos da experiência dos usuários com a internet, ou, por meio dela, com a comunicação, a informação, o conhecimento, a cidade, o mundo, a cidadania, além do trabalho, do futuro, da relação com o outro e da relação consigo mesmo.

Compre: site da EdUEPG.

 

 

Interesses cruzados

Autor: Sérgio Luiz Gadini

Editora: Paulus

Ano: 2009

Páginas: 336

ISBN: 9788534930598

Formato: 14x21cm

Resumo: Compreender o modo como o jornalismo participa do agendamento e da construção midiática da cultura. Essa é a proposta de Interesses cruzados — A produção da cultura no jornalismo brasileiro, livro que apresenta um olhar sobre o campo cultural a partir do que se produz em 20 dos principais diários impressos que circulam no país. Resultado da pesquisa de doutorado do autor, a obra discute alguns conceitos para compreender o jornalismo cultural, considerando aspectos como noticiabilidade, agendamento e estratégias de divulgação mais presentes nos cadernos culturais brasileiros. O livro indica que a cultura tematizada no jornalismo impresso aparece como sinônimo de lazer e entretenimento. Ao desvendar as relações e tensões entre os atores que constituem o campo cultural, Interesses cruzados oferece um amplo e complexo retrato do jornalismo cultural brasileiro contemporâneo.

Compre: site da Editora Paulus.

 

 

Manuais de redação e jornalistas

Autor: Marcelo Engel Bonosky

Editora: EdUEPG

Ano de publicação: 2010

Páginas: 148

ISBN: 978-85-7798-125-0

Formato: 16×23 cm

Resumo: O livro exercita a história dos manuais. Recupera e ressitua informações preciosas sobre manuais desconhecidos e outras várias peças que antecederam os manuais mais recentes. Propõe que os manuais não são “guias de oficio” de uma categoria profissional, associando-os ao trabalho intelectual mais amplo. Oferece-nos em diferentes capítulos tal deslocamento: como os jornalistas fazem uso dos manuais, sinalizando que esse processo se faz através de muitas modalidades, as quais ultrapassam largamente os protocolos definidos e/ou imaginados por aqueles que pretendem atribuir aos manuais apenas um certo modo de existência no ambiente jornalístico.

Compre: site da EdUEPG.

 

 

Noções básicas de folkcomunicação

Autores: Sérgio Luiz Gadini e Karina Janz Woitowicz (organizadores)

Editora: EdUEPG

Ano de publicação: 2007

Páginas: 172

ISBN: 978-85-7798-019-2

Formato: 15x21cm

Resumo: Reunir algumas referências básicas sobre Folkcomunicação, apresentando de modo simples e didático os principais marcos teóricos originalmente desenvolvidos por Luiz Beltrão, nos anos 1960. Esta é a proposta deste livro, que busca oferecer um panorama dos principais conceitos, objetos e debates em torno deste campo de pesquisa em Comunicação, através de 35 verbetes escritos por pesquisadores de diferentes regiões do País.

Compre: site da EdUEPG.

 

 

O fundo do Espelho é outro: quem liga a RBS liga a Globo

Autor: Carlos Alberto de Souza

Editora: Editora da Univali (Universidade do Vale do Itajaí)

Ano da publicação: 1999

Páginas: 242

ISSN: 84447-22-6

Formato: Livro

Resumo: O livro coloca em questão a representação comunitária da RBS em Santa Catarina. Mostra que a empresa tem um problema de constituição e que as informações que veicula não se dão só na perspectiva do local. As suas marcas heterogêneas apontam para a sequinte questão: a RBS é ao mesmo tempo RBS e Globo. O espelho que a empresa utiliza para nos representar está trincado. Ela depende da autorização da Rede Nacional para disponibilizar aos telespectadores a sua grade de programação.

 

 

Opinião Pública e Comportamento Político

Autor: Emerson Urizzi Cervi

Editora: Ibpex

Ano de publicação: 2010

Paginas: 200

ISBN: 9788578387105

Formato: 15×22 cm

Resumo: Leitura indispensável para estudantes, profissionais ligados ao cenário político e todo cidadão que deseja compreender de que forma o voto se personifica nos dias de hoje, este livro aborda temas como: o que é opinião pública, a influência da comunicação numa eleição, o que é liderança de opinião e decisão política, as teorias sobre escolhas eleitorais, a mentalidade do eleitor, os aspectos simbólicos da escolha eleitoral e modelos espaciais de explicação do voto. Tudo isso para possibilitar a oportunidade do leitor/eleitor refletir sobre os caminhos pelos quais o comportamento político é conduzido no Brasil e no mundo.

Compre: site da Editora Ibpex.

 

 

Recortes da mídia alternativa

Autora: Karina Janz Woitowicz (organizadora)

Editora: EdUEPG

Ano de publicação: 2009

Páginas: 312

ISBN: 978-85-7798-045-1

Formato: 15×21 cm

Resumo: O livro Recortes da mídia alternativa: histórias e memórias da comunicação no Brasil procura desvendar um modo singular de contar a história através da mídia, seja recuperando a trajetória de veículos voltados a uma lógica de resistência ou desenvolvendo análises sobre temas, características e conceitos envolvendo a mídia alternativa. Nestes 200 anos de histórias da imprensa no Brasil, o livro oferece uma modesta e ao mesmo tempo significativa contribuição no intuito de valorizar pesquisas em torno da memória da mídia brasileira, abrindo espaço para o resgate da trajetória de veículos que fizeram ou fazem história através de uma perspectiva de resistência e contra-hegemonia

Compre: site da EdUEPG.

 

 

Telejornalismo e morte

Autor: Carlos Alberto de Souza

Editora: Editora da Univali (Universidade do Vale do Itajaí)

Ano da publicação: 2008

Páginas: 223

ISBN: 978-85-7696-054-4

Formato: 14×21 cm

Resumo: O livro traz para a discussão a morte na sociedade contemporânea, tomando como ponto de partida o debate sociológico apresentado por duas correntes teóricas: uma que  defende a ocultação da morte no meio social; a outra acredita que a televisão e os meios de comunicação tornaram público o fenômeno. Para entrar nessa discussão, foram analisados o Jornal Nacional  e o Jornal da Cultura. Embora se constitua em matéria principal dos noticiários, por despertar a curiosidade e os índices de audiência, percebe-se uma dissonância entre o dito e o mostrado quando o assunto é este. Para apresentá-la na tela, é necessário transfigurá-la por meio de um processo de manipualão que envolve várias técnicas televisivas e outros artifícios, como a própria estetização da morte ou por meio da difusão do medo.

Compre: site da Editora Univali

%d blogueiros gostam disto: